Conteúdo principal

Parceria entre Ouvidoria de Justiça e Nupemec é discutida nesta segunda-feira (2)

A Ouvidoria de Justiça e o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) estão discutindo a possibilidade de parceria. Os dois representantes dos órgãos do Judiciário estadual, respectivamente, desembargadores Maria de Fátima Morais Bezerra Cavalcanti e Leandro dos Santos, se reuniram nesta segunda-feira (2), ocasião em que a ouvidora apontou a conciliação como estratégia para solução de algumas demandas que aportam na Ouvidoria. Participaram, também, os diretores adjuntos do Núcleo, Fábio Leandro, Bruno Azevedo e Antônio Carneiro.

Na reunião, a desembargadora Fátima Bezerra expôs aos presentes algumas experiências exitosas já verificadas no País, em sintonia com as recomendações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Sobretudo nas demandas sob alegações de morosidade, verificamos a possibilidade de se proporcionar às partes a oportunidade de uma solução mais célere e eficaz, através de um acordo, uma conciliação ou uma mediação, nos termos da Resolução 103 do CNJ. Neste aspecto, a parceria entre o Nupemec e a Ouvidoria seria de grande importância para a solução dos conflitos”, declarou a ouvidora.

O diretor do Nupemec, desembargador Leandro dos Santos, colocou o Núcleo à disposição para colaborar com as ações da Ouvidoria, nas atividades que envolvam a possibilidade de solução consensual. Adiantou, ainda, que pretende firmar parcerias com todos os órgãos interessados, a fim de consolidar a política da conciliação, com ênfase na tolerância, entendimento e o diálogo.

“A parceria com a Ouvidoria virá nessa ordem, de proporcionar às partes uma solução mais rápida, obtida através de um acordo, com ganhos significativos para todos”, pontuou o magistrado.